"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

TESE DO RELATOR ROGÉRIO CARVALHO NA UNICAMP












PREZADOS LEITORES, APRESENTO ABAIXO OS DADOS DA TESE DE MESTRADO DO DEPUTADO ROGÉRIO CARVALHO, PT(SE) QUE FOI O RELATOR DA COMISSÃO ESPECIAL MISTA QUE ANALISOU ONTEM A MP 621. VEJAM - A TESE DELE É A "HISTÓRIA" DELE MESMO NA FACULDADE DE MEDICINA. ESSE HOMEM É MÉDICO, É NOSSO COLEGA E RECEBEU DINHEIRO PÚBLICO PRIMEIRO PARA FAZER ESSA "TESE DE MESTRADO" E AGORA COMO DEPUTADO FEDERAL. Dedico esse post a toda escória petista...toda ralé da esquerda..que estava comigo na faculdade de Medicina da UFRGS (inclusive eu mesmo) em 1989.


Santos, Rogério Carvalho.
Título:Um ator social em formação da militancia a descrição e analise do processo de formação medica no Brasil / A social actor in training: the militancy description and analysis of the process of medical education in Brazil.
Fonte:Campinas; s.n; fev. 1998. 116 p. ilus, tab.
Idioma:pt.
Tese:Apresentada a Universidade Estadual de Campinas . Faculdade de Ciências Médicas para obtenção do grau de Mestre.
Resumo:O autor faz a narrativa de sua trajetória no movimento estudantil, desde outubro de 1986, na Pastoral Universitária em Aracaju (SE), até sua atuação como pesquisador, neste trabalho. Na Pastoral conhece textos da Igreja Progressista e os métodos de intervenção desta na sociedade, que o levam a assumir a luta pela libertação de todos os homens e do homem todo. Em um período de crise na Faculdade de Medicina da UFS, assume o Centro Acadêmico e lidera as reformas estruturais do Hospital Universitário e do Projeto Pedagógico do curso de Medicina, quando começa a discutir e problematizar as questões relacionadas ao ensino médico no Brasil. Participa de ECEMs, COBREMs, CONEEMs, e passa a fazer parte das lideranças do movimento estudantil nacional de medicina, quando assume a presidência da DENEM em 1991. Na DENEM, se utiliza do método do planejamento estratégico para reestruturar internamente a entidade e legitimá-Ia junto aos estudantes, reorganizando as agendas dos fóruns do movimento estudantil de medicina. Ainda como membro da DENEM, ingressa na CINAEM, na figura de representante discente. Durante a elaboração da 23 fase do projeto, que visa conhecer e analisar a realidade das escolas médicas do Brasil, propõe a utilização do planejamento estratégico situacional para avaliar o modelo pedagógico das escolas médicas. Passa então a integrar a equipe técnica do Projeto CINAEM - 23 fase. Neste, realiza oficinas de avaliação das escolas médicas, nas quais compareceram 50 das 83 escolas convidadas, com a participação de representantes docentes e discentes de cada escola...(AU)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.