"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Auditoria da Apuração da Eleição Presidencial 2014

Para: Marcus Marcelus Gonzaga Goulart - Procurador-chefe da PR

Tendo em vista as grandes divergências entre os diferentes institutos de pesquisa que apresentaram previsões do resultado das urnas; tendo em vista que houve um grande número de irregularidades no funcionamento das urnas (com necessidade de substituição de muitas); tendo em vista que pairam sérias dúvidas sobre a confiabilidade dos software das urnas eletrônicas; tendo em vista que falta transparência no processo de consolidação da apuração dos votos; tendo em vista que houve sérias denúncias recentes de corrupção ainda não devidamente esclarecidas no atual governo e tendo em vista de que a diferença entre os dois candidatos foi muito pequena, julgamos necessária, para garantia de plena confiabilidade no resultado proclamado da eleição presidencial de 2014, que seja realizada uma completa e profunda auditoria na apuração dos votos, se necessário solicitando-se ajuda de organismos internacionais. Sem essa auditoria o povo brasileiro não poderá aceitar o resultado com a necessária tranquilidade. É do interesse de toda a nação que o resultado seja o mais transparente e fidedigno possível.
Para assinar, click no link abaixo:

http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR75817


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.