"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

FUGINDO DAS SOMBRAS E ENTRANDO NA ESCURIDÃO.


Milton Pires

Quando uma repórter sem escrúpulo algum, sem decência, sem ética nem profissionalismo copiou supostos posts de um grupo de médicos do facebook que se apresenta como “Dignidade Médica” para fazer uma matéria no portal “IG”, um fato curioso começou a acontecer no grupo que eu criei e administro – o Inglourious Doctor. Membros do tal “Dignidade Médica”, não me perguntem o porquê, começaram a entrar no nosso grupo. Buscam, acredito eu, uma linguagem mais calma, mais politicamente correta. Esperam fazer parte de uma comunidade de médicos “mais moderados”..de gente que não faça posts sobre temas polêmicos como a ignorância dos eleitores do PT no Nordeste, sobre o homossexualismo ou sobre o racismo no Brasil. Fico me perguntando: de onde foi que surgiu a ideia, por parte dessa gente, de que estavam entrando num grupo de facebook que tem medo dos vagabundos petistas e de seus reporterzinhos de internet??
Meus amigos, o Inglourious Doctor conta com mais de 14.000 pessoas. Foi criado por mim depois do número de vezes que administradores do Dignidade Médica me expulsou daquela porcaria politicamente correta que tem, inclusive, entre seus criadores gente do PC do B. Se essa criatura que se apresenta como repórter do IG queria um “alvo médico” no facebook, deveria ter buscado o Inglourious Doctor; não um grupinho amigo para fingir uma briga na justiça antes das eleições do dia 26.
O desespero dos vagabundos petistas e da sua imprensa de aluguel chegou aos extremos. Mais uma vez são os médicos a bola da vez para fazer notícia. Não faço, nem aceito fazer, parte dessa comunidade politicamente correta chamada Dignidade Médica que foi criada para manter quase cem mil médicos com medo da Polícia Federal no Facebook e para “contratar publicitários” para melhorar a imagem da nossa profissão “perante a população” (seja lá o que isso signifique na cabeça de quem escreveu). O Inglourious Doctor foi formado por mim – Milton Pires – para pregar no Facebook que o PT seja colocado na ILEGALIDADE. Dele fazem parte médicos e não médicos também. Ninguém lá, afirmo eu, tem medo algum da imprensa. Não nos passa pela cabeça deixar de escrever atacando seja lá quem for – branco ou preto, paulistano ou nordestino, hétero ou homossexual – que estiver ligado ao partido político mais corrupto de toda nossa história – o PT. Não busquem vocês, antigos membros do DM, que de lá saíram “apavorados” com a reportagem do IG..que de lá sumiram rapidamente com o medinho de verem seus nomes na grande imprensa..na Revista VEJA, Folha de São Paulo ou Zero Hora o Inglourious Doctor como “local seguro” para defender asneiras com relação ao “apoio da população pobre e dos demais profissionais da saúde”. A Lei no Inglourious SOU EU ! Vocês não vão estar seguros comigo e se querem um conselho não esqueçam o que deixo agora – Saiam daqui enquanto é tempo: vocês estão fugindo das sombras e entrando na escuridão.

Porto Alegre, 9 de outubro de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.