"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

MÉDICOS BRASILEIROS ACUSADOS POR VAGABUNDOS PETISTAS DE FORMAÇÃO DE CARTEL


A Associação Médica Brasileira (AMB), em resposta a matéria publicada pelo Bahia Notícias sobre a multa de R$ 638,46 mil cobradas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) por de tabelamento de preços de consulta, mandou nesta sexta-feira (17) uma carta de esclarecimento à redação. Segundo a AMB, “a denúncia de cartel é absurda e um ato de violência contra uma categoria que tem como objetivo principal o cuidado com a saúde”. A AMB alegou que a existência da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM) é de fundamental importância para englobar as atividades desenvolvidas pelos médicos brasileiros, pois lista os procedimentos de ética e dá segurança à população em suas avaliações e tratamentos. A AMB disse que usará de todos os recursos previstos pela lei para reverter a situação, e finalizou a carta afirmando que “em nenhum momento se curvará a pressões no sentido que a mesma se mantenha silente em relação ao momento por que passa nossa nação”.

Leia a carta na íntegra:
“A Associação Médica Brasileira (AMB) foi surpreendida ontem (15/10) com a imposição pelo CADE de multa pela existência da Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), documento este histórico, originado da antiga Lista de Procedimentos Médicos. O documento é importante e fundamental para balizar as atividades desenvolvidas pelos médicos brasileiros, por listar os procedimentos ética e cientificamente reconhecidos no país, dando assim à população segurança em suas avaliações e tratamentos, bem como conhecimento dos atos que devem ser cobertos pelas operadoras de saúde. A denúncia de formação de cartel é absurda e um ato de violência contra uma categoria que tem como objetivo principal o cuidado com a saúde da população. Estranhamente a decisão foi tomada no dia que a AMB havia programado reunião, já pré-agendada, de seu Conselho de Defesa Profissional para discutir os resultados do primeiro turno das eleições presidenciais e seu posicionamento em relação ao segundo turno. O CADE na sua função REPRESSIVA pune os médicos brasileiros. A AMB usará de todos os recursos previstos em Lei para responder às acusações do CADE, bem como em nenhum momento se curvará a pressões no sentido que a mesma se mantenha silente em relação ao momento por que passa nossa nação”.

COMENTÁRIO MEU - Em toda minha vida profissional eu já fui acusado de ser rude com pacientes e colegas, de ser mau tecnicamente, de não saber Medicina..cheguei inclusive ao ponto dessa baixaria que o Hospital Conceição está fazendo comigo ao me acusar de agredir uma médica..eu já fui despedido, assediado e ameaçado..eu vi escravos cubanos entrarem aqui como médicos, vi até a presidente Dilma dizer que eles são "médicos mais humanos que nós'....mas em TODA MINHA vida, eu JAMAIS poderia imaginar que um dia TODA MINHA CLASSE PROFISSIONAL seria acusada por um partido de vagabundos assassinos e mensaleiros do "crime de formação de cartel"...Chegamos ao fundo do poço...Não há mais o que descer..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.