"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O PARTIDO DO CRIME ORGANIZADO.


Milton Pires

Surpreendida pelos resultados das urnas no primeiro turno, a alta “cúpula” (e deveria eu dizer “alta cópula”) do Partido-Religião lançou suas hordas na internet e principalmente nas redes sociais com o velho discurso do tipo “eles não sabe do que a gente é capais”
Esse tipo de atitude, que já não assusta mais ninguém, só serve para demonstrar o desespero dos vagabundos petistas apavorados com a proximidade da perda das “tetas” da máquina pública.
Imaginem o seguinte, meus amigos: você é um pobre diabo em dúvida com sua sexualidade, sozinho ou separado de 5 casamentos, professor da Universidade Pública com PhD na Alemanha e é chefe-companheiro de alguma cadeira do ciclo básico na USP... ou pense por outro lado que você é um desses parasitas que habitam as ONGS, um desses funcionários públicos incompetentes que está “cedido” para outra secretaria onde ganha uma enorme gratificação por ser petista. Imaginou? Pois é: seu mundinho está desmoronando, não está meu amigo? Pense, seu picareta, na dificuldade de receber dinheiro do CNPQ do B com os vagabundos petistas fora do poder. Imagine a dificuldade em publicar trabalhos do tipo “A Masturbação Feminina no Interior de São Paulo durante o Regime Militar”. Aproxima-se o fim da mamata, seu charlatão! Toda aparelhagem da máquina pública que vocês cuidadosamente montaram desde 2003 está para desmoronar, não está?
É por causa desse tipo de efeito cascata..por causa dessa gente toda com os dias contados que os petistas, mais uma vez, estão lançando suas baixarias pela internet. Milhares e milhares de funcionários da administração pública brasileira estão contando os dias para ver essa ralé pela costas e respirar ar puro dentro das repartições que essa gente empestou com o cheiro do álcool barato, da maconha e do lança-perfume.
Os petistas sabem que vão sair. Já vi esse filme passar aqui na Prefeitura Municipal de Porto Alegre em 2006 quando esses vagabundos custaram a “cair na real” depois de perderem a eleição. Preparem-se meus amigos. Não é o MAV no facebook que nos deve preocupar. Não é o motoqueiro com a pistola na cintura – tão chegado aos vagabundos do Foro de São Paulo – que devemos temer. O que nós precisamos saber é que, nos últimos dias de seu governo, essa gente vai fazer a política da “terra arrasada” e vai tentar destruir, fraudar, roubar, levar para casa ou esconder TUDO que possa deixar a marca de sua passagem pelo poder.
O que a eleição de 2014 está ensinando aos brasileiros é que o PT não tem adversários; tem inimigos. Há, e eu já disse isso um dia, uma gigantesca diferença entre os dois cuja característica mais importante a ser lembrada é a incapacidade dessa gente conviver dentro de uma sociedade se revezando no poder. Não será portanto a economia destruída, o risco do Ebola ou a crise na segurança o monstro que Aécio Neves terá de enfrentar. Não será a rede hospitalar brasileira destruída e sucateada, as universidades aparelhadas ou os policiais na miséria...Será a pior, mais covarde, traiçoeira e inescrupulosa oposição que algum governo já teve. O PT, meus amigos, vai levar o país ao caos conforme ele agora já vem prometendo e poucos vem levando a sério – mais uma lição para os que viram o crime organizado assumir o governo em 2003 e voltar a oposição em 2015 como se fosse um “partido de trabalhadores” - um partido que pode aceitar deixar o governo para ser oposição e que pode eventualmente um dia sair novamente da oposição para ser governo mas que jamais deixará de ser o que sempre foi – o Partido do Crime Organizado.

Porto Alegre, 7 de outubro de 2014.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.