"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

QUEBRA DO SIGILO NA DELAÇÃO PREMIADA

ABAIXO ASSINADO PELA IMEDIATA QUEBRA DO SIGILO DA DELAÇÃO PREMIADA DE PAULO ROBERTO COSTA E ALBERTO YOUSSEF

Nós, cidadãos brasileiros, vimos por meio deste abaixo-assinado, requerer às instâncias competentes na Justiça, no Ministério Público e na Polícia Federal, que as informações reveladas pelos acordos de delação premiada do ex-diretor da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, e do doleiro Alberto Youssef sejam tornadas públicas imediatamente.
Nesse momento grave da vida da Nação Brasileira, em que nós, cidadãos, eleitores e pagadores de impostos nos encaminhamos para o segundo turno de uma eleição na qual escolheremos o futuro Presidente da República e diversos Governadores de Estado, temos o direito de saber se, ao votarmos, o faremos na certeza de não estarmos sufragando pessoas envolvidas, direta ou indiretamente, em escândalos de corrupção.
Tal medida se faz urgente, visto que os indiciados acima citados chegaram a declarar à imprensa que, se “abrissem a boca” não haveria eleição esse ano, sugerindo que a delação envolveria candidaturas importantes, como já revelaram notícias vazadas para a imprensa.
Consideramo-nos desde já, prejudicados no direito inalienável que temos à transparência nas informações de interesse público, na medida em que a negação do acesso dos cidadãos brasileiros a essas informações no primeiro turno do pleito em curso, pode ter levado a que milhões de eleitores em todo o país tenham sido levados a votar em candidatos ao Parlamento e ao Poder Executivo, em suas várias instâncias, que em seguida, poderão ser condenados por corrupção e terem seus mandatos cassados.
Na certeza de vermos atendida, imediatamente, nossa reivindicação, subscrevemos:


Paulo G. M. de Moura – Professor Universitário

ASSINEM CLICANDO NO LINK ABAIXO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.