"O maior inimigo da autoridade é o desprezo e a maneira mais segura de solapá-la é o riso." (Hannah Arendt 1906-1975)

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Polícia e Brigada começaram operação padrão nesta sexta. Funcionalismo pode decretar greve geral esta tarde.

Polícia e Brigada começaram operação padrão nesta sexta. Funcionalismo pode decretar greve geral esta tarde.: Na quinta-feira da semana que vem, Polícia Civil e Brigada farão greve geral de 15 horas, segundo informação do presidente da Associação de Cabos e Soldados da BM, Leonel Lucas (foto ao lado). "Nem sapatos adequados nós temos", disse Leonel Lucas. 

Como o editor antecipou ontem, começaram a pipocar nesta sexta-feira paralisações pontuais no serviço público estadual, tudo como antecipação de greve geral do funcionalismo gaúcho, o que poderá acontecer na reunião desta tarde, 14h, marcada pela Fessergs com dezenas de sindicatos filiados.

Os funcionários do Executivo, 343 mil servidores, estão revoltados porque só receberão R$ 650,00 por matrícula neste final do mês. O restante virá em parcelas até o dia 19. É a sexta vez que o governo Sartori faz isto, sem demonstrar de que modo resolverá a crise que se repete. 

A proposta que será apresentada pela Fessergs ainda não será de greve geral, mas de greve branca:os servidores comparecerão às repartições, baterão pontoe não trabalharão.

Hoje, antecipando-se, os agentes da segurança pública começarão operação-padrão. Isto inclui policiais civis e brigadianos. A operação-padrão poderá virar greve geral, caso a categoria decida por isto. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua mensagem será avaliada pelos Editores do Ataque Aberto. Obrigado pela sua colaboração.